O Feijão do Popeye

Grande mito relacionado ao vegetarianismo e veganismo, a anemia sempre é usada como arma por aqueles quem tentam nos convencer a voltar a comer carnes, principalmente fígado (blergh! nunca gostei de fígado!). Mas, tudo que se fala não passa de muito preconceito e certa falta de informação.

Segundo o site minhavida.com.br a anemia pode ser causada pela deficiência de vários nutrientes e vitaminas, mas a mais comum é aquela causada por deficiência de ferro. Então, o que o pobre vegetariano ou vegano pode fazer para recuperar o ferro não ingerido? Simples! Comer verduras escuras (como agrião, couve, cheiro verde, taioba…); leguminosas (como feijão, grão de bico, ervilha, lentilha…); grão integrais ou enriquecidos; nozes e castanhas, melado de cana, rapadura, açúcar mascavo (esses últimos com moderação, né?).  Ahhh, sem esquecer de acompanhá-los com uma bela porção de frutas cítricas, pois o ácido ascórbico ajuda na absorção do ferro, principalmente o obtido através da beterraba, couve-flor e brócolis…

Então, pensando em todos esses dados nutricionais e na necessidade de suprir ferro no meu dia-a-dia, resolvi reunir três ingredientes que gosto muito: feijão preto, espinafre e beterraba. Tudo numa receita simples e saborosa que resolvi chamar de feijão do Popeye! Tenho certeza que vai ser um sucesso quando tiver filhos. 🙂

A receita é bem simples, fácil e pode até ser considerada uma mini feijoada vegetariana, mas, para mim, é um feijão comum do dia-a-dia mesmo. Ué, porque o espanto?! Não tem gente que come feijão com carne seca ou paio todos os dias? Então, em casa de vegetariano se come feijão com legumes… Olha a receita aí:

Ingredientes:  

  • 1kg de feijão preto
  • 2 maços de espinafre
  • 4 beterrabas médias, cortadas em cubos grandes
  • 2 cebolas grandes, cortadas em cubos grandes
  • 4 dentes de alho grandes, laminados
  • Sal à gosto
  • Pimenta do reino à gosto
  • 2 col. sopa de alho frito (já pronto)
  • 2 col. sopa de óleo de girassol ou azeite virgem
  • 2l de água

Modo de Preparo:

  •  Lave bem os legumes. Eu costumo aproveitar o caule e as folhas do espinafre e não tiro a casca da beterraba. Por isso, lavo com muito cuidado e procuro sempre comprá-los orgânicos.
  • Em uma panela de pressão grande, coloque o óleo ou azeite, as cebolas e os pedaços de alho. Espere dourar bem e acrescente a pimenta do reino.
  • Depois de douradas as cebolas e o alho, coloque as folhas de espinafre e vá mexendo até que veja que elas reduziram de volume.
  • Com o espinafre reduzido, acrescente os cubos de beterraba e refogue tudo junto.
  • Acrescente o feijão, mexa um pouco para misturar os ingredientes e, em seguida adicione a água.
  • Deixe o sal por último, antes de tampar a panela.
  • Cozinhe em fogo médio por aproximadamente 1 hora. Depois tire a pressão da panela e verifique se o feijão está macio e se tem caldo. Se não estiver, acrescente mais água e tampe novamente a panela.  Vá testando até que o feijão esteja macio ou na consistência que você gosta.
  • Para finalizar, com a panela aberta, coloque as colheres de alho frito, verifique o tempero e ajuste ao seu gosto, coloque mais água e deixe ferver em fogo baixo, e sem tampa, por mais uns 15 min.

Eu sou suspeita para falar, pois amo feijão. Mas, que fica uma delícia, fica! É uma excelente opção para introduzir legumes na família, o caldo fica com uma cor linda de beterraba e ninguém precisa comer carne para repor ferro. 😉

url.gif

#ficaadica 1: Se for usar feijão orgânico, faça como a vovó fazia e cate o feijão, retirando pedras e impurezas. A esperta aqui comprou um super feijão preto orgânico e tacou na panela sem catar,  sorte que vi as pedrinhas antes de refogar e colocar a água… e consegui tirar…ufa!

#ficaadica 2: Não tenha medo da panela de pressão. Ela não morde e não explode com tanta facilidade assim. Mas, alguns cuidados são necessários: 1) Não encha a panela até a boca. 2) Na dúvida, use fogo baixo. Vai demorar um pouco mais para cozinhar, mas você terá mais segurança. 3) O chiado da panela, significa que o alimento esta sendo cozido, por isso não se apavore com ele. 4) Teste sua panela e seu fogão. Depois que a panela começar a chiar, conte 20 ou 30 minutos e depois tire a pressão, prove o alimento. Se estiver duro, acrescente água (se necessário) e coloque para cozinhar mais. Com o tempo você ganha mais confiança. 5) Nunca tenha medo de usar a pressão para cozinhar ela pode ser uma grande aliada.

#ficaadica 3: Caso não queira usar alho frito já pronto, mas quiser um feijão mais “alhudo”,  é só aumentar a quantidade do ingrediente na hora do refogado ou, se quiser, refogar mais uns dentinhos na hora de ajustar o tempero e colocar na panela depois.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s